sábado, 9 de março de 2013

Pizza sem queijo

O Antônio chegou à pizzaria e antes mesmo de sentar-se, o garçom já estava ao seu lado para anotar o pedido.

- Fala, amigão, me traz uma brotinho de calabresa? - falou o Antônio.

- Brotinho... calabresa, né? Ok... o senhor quer beber alguma coisa? - perguntou o garçom, com o bloquinho em punho.

- Por enquanto, me traz uma água. Sem gás, tá?

- Água... sem gás, né? Ok... já venho.

Cinco minutos depois, o garçom volta com uma garrafa de água e a pizza do Antônio: sem queijo e com uma calabresinha de nada no meio da massa temperada.

- Sua água, senhor. Sua pizza.

O Antônio olhou para a pizza. Olhou para um lado... olhou para o outro...

- Você tá de brincadeira, né? - disse ele, perplexo.

- Não, senhor, por que estaria?

- Não me lembro de ter pedido pizza à paulista...

- À paulista? Não, não, senhor, mas estamos sem queijo; o patrão não comprou.

- Ué. E aí? Você traz o troço e não me fala nada?

- Achamos que o senhor não fosse se incomodar...

Antônio riu debochadamente: - Claro que eu estou me incomodando, olha pra essa pizza, cara. Eu estou pagando por isso, e bem caro, aliás, e você me traz uma massa com uma calabresa em cima? Me recuso a pagar essa porcaria.

- Ó, senhor, eu só tô servindo. Isso aí, só com o patrão...

- Então chama esse cara logo.

- O patrão, né? Ok...

Cinco minutos depois, volta o garçom, com um homem gordo e baixinho ao seu lado:

- Posso ajudar, senhor? - disse o homem.

- Pode, eu quero queijo na minha pizza. - disse Antônio, olhando para a massa fria à sua frente.

- O senhor faz tanta questão do queijo assim?

- Meu camarada, eu pedi uma pizza brotinho que custa onze reais. Por que eu não faria questão do queijo?

- O senhor sabia que o ganhador do prêmio "Motosserra de Ouro" assumiu a presidência da Comissão de Meio Ambiente no Senado?

- Bom, sim, mas...

- E que um padre racista e homofóbico foi eleito presidente da Comissão de Direitos Humanos?

- Eu li isso ontem, mas...

- Têm homens condenados por causa do escândalo do Mensalão e um outro condenado pela Interpol integrando a nossa Justiça, o senhor sabia?

- Meu amigo! Eu só quero a minha pizza! O que isso tem a ver?

- Bom, o senhor paga, paga, paga... e eles continuam te trazendo pizza sem queijo... por um acaso, nunca pensou em ir lá reclamar com o patrão? No caso, "a patroa"...

- E você acha que eu vou conseguir alguma coisa?

- Olha, o senhor sozinho eu não sei... mas se o senhor soubesse a quantidade de gente que reclamou da pizza sem queijo hoje...

Nenhum comentário: