segunda-feira, 12 de novembro de 2012

O CÉU e o DETRAN

Imagine se os portões de entrada do Paraíso fossem controlados pelo DETRAN?

Eu cheguei lá em cima, ainda meio atordoado, procurando alguém que pudesse me orientar. Afinal, tudo era novidade. Eu havia acabado de ser atropelado. Que sensação horrível, me sentia um paralítico voador. Não sentia nenhuma parte do meu corpo, mas flutuava suavemente. Parece estranho, mas um dia você vai entender, é exatamente assim que funciona. Pois bem, fui procurar ajuda. Como sempre fui muito desprendido de crenças, resolvi procurar aquela luz que tanto falavam pra mim, em vida, e que eu não fazia ideia do que se tratava. Agora que sei, posso jurar, quase pela minha vida, que seguir a luz é uma cilada. Repito: cilada! Prestem atenção.