domingo, 25 de março de 2012

Sem sono

- Bento...

- Fala.

- Não consigo dormir...

- Nem eu. Sem sono?

- É... ainda tem daqueles comprimidos aí?

- Nenhunzinho.

- Merda, preciso acordar cedo amanhã.

- Só você? Eu tenho que estar na Cinelândia às 7.

- Bom... a gente precisa gastar energia, né? Bem que podíamos fazer aquilo...

- Meu Deus, de novo, Kátia?

- Ué, que que tem?

- Passamos o dia todo fazendo isso ontem!

- E daí? É regra, não pode fazer dois dias seguidos?

-  Poder até pode, mas é que já está tarde né...

- Ah. Bento, quando você não quer tem sempre uma desculpa.

- Não é que eu não queira, Kátia, mas você é muito escandalosa, vai acordar os vizinhos.

- Escandalosa não, eu fico animada!

- Tanto faz, você não para de gritar.

- A culpa é minha agora? E você que não para quieto, se jogando de um lado pro outro? Quase quebrou a mesinha de centro ontem.

- Só porque você gritou no meu ouvido. Aliás, não acordo ninguém só me remexendo.

- Tá bom, Bento, tá bom, a culpa é minha mesmo, tá?. Deixa pra lá, eu vou tentar dormir, boa noite.

- Kátia, para de drama...

- Não tô fazendo drama. Só esquece isso e dorme.

- Ai, caramba... uma rapidinha só e a gente dorme, tudo bem?

- Ah, agora você quer? Também não quero.

- Tá vendo como é drama? Deixa de bobeira, Kátia, vamos logo.

- Estúpido.

- Dramática.

- Grosso.

- Pentelha.

- Te amo.

- Também. Vamos? Três sets só hein.

- Tá, vou ligando a tevê e o Wii, vai procurando o Mario Tênis, acho que está na terceira gaveta.

sábado, 17 de março de 2012

Rapidinha da semana #21


De 23 a 25 de fevereiro (2012), o Canal Rural estava em Restinga Seca (RS), onde aconteceu a 22ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz. O canal transmitiu, ao vivo, no dia 24, o III Fórum do Arroz, que este ano trouxe como tema a campanha publicitária "Marketing do arroz + feijão: a dupla imbatível que precisa se reinventar", que consiste na elaboração de uma campanha, em parceria com o governo, para a popularização do arroz e feijão na vida dos brasileiros, uma vez que este costume tem sido cada vez menos frequente, devido aos preços e as opções mais baratas e práticas do mercado, como o macarrão, além da agravante crise financeira pela qual o setor passa. Tendo como base o marketing feito pelos cafeicultores em 2010, a campanha "Beba Café!", que recebeu (muita) ajuda financeira do governo para incentivar o consumo do produto, que também estava em baixa, os orizicultores esperam um resultado positivo, já que a campanha governamental foi um sucesso, aumentando as vendas do café em quase 30%.

Essas campanhas de incentivo do governo são um sucesso, né? Agora, imagina se eles resolvem fazer uma campanha dessas para Educação, Saúde, Cidadania... é, é...